Menstruação atrasada é sempre gravidez? Tire as suas dúvidas

Depois daquele date especial em que você caprichou na lingerie, a menstruação atrasada pode ser um inconveniente e tanto. Isso acaba deixando muitas mulheres preocupadas, seja de forma positiva ou negativa. 

Mas será que a única causa do atraso da menstruação é uma gestação? Esclarecemos essa e outras dúvidas, com base em informações de ginecologistas. Confira! 

Menstruação atrasada é sempre gravidez?

Uma mulher, vestida com um pijama azul com detalhes e unhas vermelhas, deitada.
Essa é a principal preocupação, mas existem outras causas.

De acordo com a Drª. Sheila Sedicias, não! Menstruação atrasada pode ser gravidez, mas nem sempre é

Essa possibilidade pode deixar algumas mulheres super empolgadas, enquanto para outras é motivo de preocupação, principalmente para as que evitam a gravidez calculando o período fértil. Então, é normal que uma possível gestação seja a primeira coisa que vem à cabeça.

Existem outros fatores que podem causar o atraso da menstruação, desde um período de estresse até alguns tipos de doenças e alterações no metabolismo. Resumindo: pode ser gravidez, sim, mas esse atraso pode ter outros motivos.

Possíveis causas para o atraso da menstruação

Mulher branca de cabelo curto com expressão preocupada e as mãos no rosto, sentada em frente a uma parede branca usando moletom marrom e calça jeans.
Até mesmo o excesso de atividades físicas pode atrasar a menstruação, sabia?

Fizemos uma lista com as principais causas da menstruação atrasada citadas por ginecologistas, excluindo a gravidez. 

Está desconfiada que está grávida? Faça um teste, lembrando de observar a sensibilidade de acordo com o tempo de atraso. Deu negativo? Leia a lista abaixo para entender o que pode estar acontecendo com o seu organismo.

Ansiedade e/ou estresse

Quem nunca passou por um período de extremo estresse e ansiedade? Segundo a ginecologista Sheila Sedicias, esses momentos afetam diretamente nosso ciclo menstrual e podem atrasar a menstruação. Isso acontece porque há um aumento da liberação de cortisol na corrente sanguínea.

O cortisol interfere na liberação de estrógeno e progesterona, hormônios super importantes na regulação do ciclo menstrual.

Uso de anticoncepcionais⠀

De acordo com a ginecologista Juliana Sperandio, qualquer alteração no padrão de uso dos anticoncepcionais pode alterar a data da sua menstruação, principalmente causando atrasos. Se equecer de tomar a pílula em algum ou por alguns dias, lembre-se de consultar a bula sobre como proceder em cada fase da cartela. Uma dica é recortar esse trecho da bula e colar no espelho do banheiro, para ter sempre à mão! Tire também uma foto e deixe salva no seu celular.

Então, se você colocou DIU hormonal, trocou de pílula ou até mesmo parou de tomar o remédio, sua menstruação pode atrasar.

Uso de antidepressivos ou corticoides

De acordo com a Dra. Karina Izumi Thichaki Barradas, psiquiatra, “alguns estudos com antidepressivos e ansiolíticos demonstraram associação com alterações no ciclo menstrual, especialmente ausência de menstruação ou desregularização do ciclo”.

Se você tomou algum corticoide, também existe a possibilidade de que ele atrase sua menstruação em alguns dias, mesmo que essa possibilidade seja pequena. É sempre importante conversar com o médico que receitou a medicação.

Síndrome de ovários policísticos⠀

Segundo o portal do Dr. Drauzio Varella, a menstruação irregular é um dos três fatores necessários para confirmar o diagnóstico da síndrome de ovários policísticos, popularmente chamada de SOP no meio médico. Mas lembre-se que a variação de poucos dias entre a duração dos seus ciclos ou do período menstrual não caracteriza irregularidade menstrual, essa variação precisa ser constante para levantar suspeitas.

A SOP surge porque a glândula que regula a produção hormonal, a hipófise, estimula a liberação de hormônios masculinos. Isso dificulta a formação de óvulos saudáveis, o que interfere diretamente no ciclo menstrual.

Climatério ou menopausa⠀

O climatério é o período de transição entre a vida fértil e a menopausa. Nessa fase, segundo a ginecologista Sheila Sedicias, diversos hormônios estão em ação e a menstruação acaba ficando desregulada. Isso começa a acontecer por volta dos 40 anos da mulher.

O atraso não é a única característica da menstruação durante o climatério. Ela pode ficar mais longa, mais curta, apresentar coágulos e também vir em pequena quantidade. Esse é um período que precisa ser acompanhado de perto pelo seu ginecologista. 

Excesso de atividade física⠀

Esse é um caso super específico que pode acontecer, mas somente quando existe realmente um excesso. Pode ficar tranquila que sua menstruação não vai atrasar se você for à academia de manhã e fizer uma corrida à tarde.

De acordo com a Drª. Sheila Sedicias, atletas profissionais que estão em preparação para competições costumam treinar pesado por muitas horas, o que acaba induzindo o aumento da prolactina, um hormônio que afeta o ciclo menstrual. Vale lembrar que a recomendação continua sendo praticar atividade física, viu?

Grandes variações de peso⠀

Segundo a ginecologista Erica Mantelli, quem passa por episódios de engordar ou emagrecer muito em pouco tempo, pode perceber um atraso na menstruação. Isso acontece porque essa oscilação de peso interfere no estrogênio, hormônio importantíssimo para o sistema reprodutor.

Isso também pode acontecer em pessoas obesas ou extremamente magras, bem como afetar quem sofre de distúrbios alimentares, como a anorexia e a bulimia.

Disfunção na tireoide⠀

Conforme a Drª. Sheila Sedicias, mulheres que têm disfunções na tireoide, como o hipo ou o hipertireoidismo, também podem perceber alguns dias de atraso na menstruação. A tireoide é uma glândula que está completamente ligada com a produção de hormônios, então é natural que qualquer problema nessa glândula possa afetar o ciclo menstrual.

Outras dúvidas respondidas

Mulher branca sentada em um vaso sanitário usando uma camisa branca e segurando um celular com capinha vermelha. O banheiro tem piso quadriculado preto e branco.
Esclareça os principais questionamentos que cercam esse assunto.

Selecionamos outras dúvidas comuns relacionadas a esse assunto. Vamos às respostas?

Quantos dias de atraso na menstruação é normal?

Se o seu ciclo for regular, ou seja, que dura entre 21 e 35 dias, um atraso de 3 dias é considerado normal

Para mulheres com ciclo irregular, a resposta depende de vários fatores que devem ser avaliados individualmente com um ginecologista.

Por que a gravidez interrompe a menstruação?

Dentre outros motivos, quando a mulher engravida, a camada interna do útero precisa se preparar para gestar o embrião, então ele não pode descamar. Essa descamação acontece quando menstruamos.

Segundo o ginecologista Antonio Leonardo Pereira Rosa, menstruar durante a gravidez é impossível, mas sangramentos de outras origens podem acontecer. Se você notar qualquer tipo de sangramento durante a gravidez, não hesite em consultar seu médico.

Quando devo procurar ajuda médica?

Assim que perceber mais de três dias de atraso em sua menstruação, tenha certeza de descartar a possibilidade de uma gravidez. Mesmo se você faz uso de métodos anticoncepcionais, vale lembrar que nenhum deles é 100% eficaz.

Se a possibilidade de gravidez for descartada e sua menstruação continua atrasada, está na hora de buscar ajuda médica. Não precisa se desesperar, mas é sempre bom investigar.

Posso tomar alguma coisa para a menstruação descer?

Se o seu médico receitar, sim. Antes de qualquer coisa, é preciso fazer um teste de gravidez para depois começar a se preocupar em tomar alguma coisa para a menstruação descer.

De acordo com a farmacêutica Flávia Costa, os remédios que aceleram a vinda da menstruação são à base de progesterona, então eles podem ser indicados a partir de uma análise clínica. Existem também alguns chás populares, mas, mais uma vez, eles precisam ser indicados pelo médico.

Chá de gengibre, chá de sene, chá frio de folhas de rabanetes e chá de orégano são opções bastante conhecidas por seus poderes de estimular a menstruação. Por mais inofensivos que esses chás pareçam, sempre se certifique com um médico se eles podem ser ingeridos e qual a forma correta de consumo. Chás também são medicamentos!

Esperamos que esse post possa ter esclarecido algumas dúvidas, mas nunca é demais lembrar que qualquer questão relacionada à sua saúde deve ser sempre discutida com um profissional da área da saúde, combinado?

Fique de olho aqui no nosso blog para conferir mais posts sobre saúde e também outros assuntos, como moda, beleza e lifestyle!

Leave a comment

Your email address will not be published.