Prazer garantido: como a massagem yoni pode te estimular

Muito além de uma técnica de masturbação feminina, a massagem yoni é um caminho de autoconhecimento. Através do toque, essa prática proporciona percepções e consciência do seu próprio corpo e ajuda a entender quais movimentos te dão prazer.

Como libera as sensações de tensão do corpo, a massagem yoni pode ser responsável por orgasmos intensos. E essa não é a única vantagem, viu? A prática também tonifica a musculatura intravaginal e do clitóris e ajuda até a melhorar a autoestima. 

Quer saber mais sobre essa técnica poderosa? Neste artigo, vamos te explicar o que é a massagem yoni e como colocá-la em prática. Pode anotar as principais dicas para experimentar depois!

O que é a massagem yoni?

A imagem mostra as mãos de uma pessoa com as unhas pintadas de vermelho segurando um pêssego cortado ao meio. Um dos dedos dela está introduzido no centro da fruta e um líquido translúcido escorre ao lado, representando o orgasmo obtido com a massagem yoni.
Essa técnica estimula a região vaginal e ajuda as mulheres a alcançarem o ápice do prazer!

A massagem yoni é uma técnica usada para sensibilizar e tonificar a região íntima da mulher. Baseada na filosofia milenar do tantra, ela ajuda quem quer aceitar o próprio corpo e sexualidade. Por esse motivo, em algumas escrituras orientais ela é considerada algo divino. 

Com a conscientização da região genital e um novo padrão de percepção sensorial, a massagem yoni quebra os paradigmas sobre como o corpo feminino é tocado

Como envolve um processo de autoconhecimento, a massagem deve ser realizada em momentos em que você está sozinha e tranquila, para não haver interrupções. Porém, ela também pode ser utilizada em momentos íntimos com seu parceiro ou parceira, que utilizará as técnicas para estimular seu prazer.

Quando realizada em casal, a massagem yoni ajuda a aumentar a confiança entre os parceiros e apimentar as preliminares. Isso porque os toques e movimentos suaves com as mãos promovem sensações que evidenciam a autoestima da mulher e podem trazer orgasmos memoráveis.

Qual é a diferença entre massagem yoni e a tântrica?

A principal diferença entre uma massagem yoni e uma massagem tântrica está na região em que a técnica é aplicada

Durante uma sessão correta de massagem tântrica, as zonas genitais não são tocadas em um sentido erótico. Já a massagem yoni tem um sentido sexual, podendo ou não ser incorporada em uma sessão de massagem tântrica.

Uma mulher deitada em uma maca de massagem, na qual há flores vermelhas. Ela usa uma toalha sobre a parte superior do corpo, prática comum durante uma massagem.
Apesar de serem confundidas, a massagem yoni e a tântrica aplicam suas técnicas em áreas diferentes.

Quem pode fazer a massagem yoni?

Democrática, a massagem yoni pode ser feita em mulheres de todas as idades que querem se conhecer melhor e desbloquear seu potencial sexual. Porém, os especialistas destacam algumas restrições

Quem tem feridas no colo do útero, HPV ou outras patologias ginecológicas, precisa consultar o médico antes de começar a fazer a massagem. 

Além disso, os espasmos uterinos causados durante a prática podem ocasionar contrações e aborto espontâneo. Então, grávidas nos primeiros meses de gestação devem evitar esse tipo de massagem. 

Tirando esses casos, a técnica é beneficial e é indicada em algumas situações. As principais recomendações são para:

  • Mulheres com baixa libido.
  • Casais que buscam melhorar a vida sexual através de mais intimidade.
  • Homens e mulheres que desejam dar mais prazer e proporcionar orgasmos às suas parceiras.
  • Mulheres com vaginismo e dispareunia.

Como fazer a massagem yoni sozinha?

A imagem mostra as mãos de mulher com unhas pintadas de vermelho segurando uma toranja e pressionando-a com dois dedos, como pode ser feito na massagem yoni.
Fazer a massagem yoni sozinha vai te ajudar a descobrir o que lhe dá prazer com o toque. 

Praticar a massagem yoni sozinha, na sua intimidade, é uma ótima opção para você descobrir o que mais te dá prazer. Por isso, antes de envolver o parceiro nesse processo, é indicado que você teste seus sentidos sozinha, tá bom? 

E antes de iniciar a prática, você deve conhecer bem a anatomia feminina para saber onde se tocar. Isso porque o principal ponto da massagem yoni é realizar movimentos de baixo para cima e de dentro para fora nos locais corretos e na hora certa. 

Veja o passo a passo para realizar a massagem yoni sozinha:

1. Escolha o espaço ideal

Busque um lugar tranquilo e que você se sinta confortável e sem interrupções. Afinal, esse é um momento íntimo e cheio de descobertas e você com certeza não vai querer ser incomodada, né?

2. Não se esqueça da lubrificação, viu?

Para garantir a lubrificação da região íntima durante a massagem yoni, você pode apostar em óleo corporal que também pode ser utilizado na região íntima. Então, antes de começar os movimentos estimulantes, passe um pouco do produto em toda a vulva. 

3. Comece os movimentos e se atente às sensações de cada um deles

Hora de começar a se tocar! Faça cada movimento com calma, para conseguir perceber a sensação que cada toque proporciona, combinado?

Primeiro, com as mãos sobre a sua vulva, inicie movimentos de vai e vem com os dedos polegares. 

Nos lábios internos e externos, evolua esse movimento de vai e vem para um toque de pinça, usando o polegar e o dedo indicador. Para sentir o prazer da massagem, você deverá fazer uma leve pressão de cima para baixo.

Ainda passando os dedos de cima para baixo por toda região da vulva, posicione o seu dedo perto do clitóris. Ao mesmo tempo, aumente e diminua a pressão no local. 

Esse movimento estimula as suas glândulas de Skene, responsáveis por liberar o líquido da ejaculação feminina, e as de Bartholin, que lubrificam a vagina.

No clitóris, procure fazer movimentos de vai e vem suaves e em sintonia. Utilize as duas mãos para explorar a superfície rugosa ao redor do clitóris e continue com os movimentos de vai e vem.

4. Se permita

Sinta a energia sexual se movimentando pelo seu corpo e se entregue aos prazeres da massagem yoni. Não existe regra para continuar, o seu próprio corpo mostrará qual será o próximo passo. Então, pode se soltar durante a prática!

Como fazer massagem yoni em casal?

A imagem mostra um melão aberto na parte de cima com uma mão com dois dedos na cavidade, simulando uma masturbação ou massagem yoni.
Depois de descobrir mais sobre o próprio corpo, a massagem yoni pode ser praticada com o parceiro ou parceira.

Para fazer a massagem yoni em casal, os passos são muito parecidos com os da individual. A diferença é que você precisa ter mais cautela com os movimentos em quem vai receber a massagem.

Vamos ao tutorial?

1. Prepare o ambiente

Comece criando um ambiente tranquilo e aconchegante, de preferência com pouca luz para favorecer esse momento. Aqui, você já deverá ter um óleo vegetal ou gel lubrificante para começar a estimular a região íntima. 

E uma lingerie mais ousada também pode ajudar a apimentar as preliminares, viu? Essa etapa ajuda o corpo da mulher a despertar e se preparar para a massagem yoni, então aposte em calcinhas, sutiãs e bodies mais sexys! 

2. Inicie a massagem com óleos e provoque estímulos 

Tudo pronto? Então, quem for realizar a massagem deve espalhar o óleo na região das coxas e virilha da parceira, com movimentos firmes e suaves.

Após isso, é hora de massagear os lábios externos. Quem executa a massagem poderá ficar nessa região por alguns minutos, até seguir para a região dos lábios internos.

Com movimentos de vai e vem, o parceiro deve passar os dedos pelos lábios internos com cuidado e delicadeza. É importante dizer que o dedo não deverá ser introduzido na vagina da mulher.

Quando os lábios já estiverem mais relaxados, está na hora de focar no clitóris. Os movimentos de vai e vem podem continuar aqui. Lembre-se que essa região deve ser tocada com atenção plena e com a intenção correta

Para saber o melhor caminho até o orgasmo, é importante observar os espasmos no abdômen e expressões faciais. O nível de excitação e a pressão do toque deverão estar sempre conectados para oferecer o máximo nível de prazer durante a massagem yoni.

3. Avance com os movimentos 

Caso a vagina da mulher já esteja totalmente relaxada e com espasmos de prazer, quem está realizando a massagem yoni poderá tentar colocar a ponta do dedo na entrada da vagina. Tudo isso deverá ser feito enquanto o clitóris ainda é massageado

4. Continue até atingir o ápice do prazer 

O segredo para continuar fazendo uma massagem yoni de sucesso é observar as reações do corpo da mulher. É ele quem ditará o caminho correto a ser seguido.

Seja sozinha ou acompanhada, o importante ao realizar essa técnica é ter em mente que seu corpo deverá ser tratado como algo precioso. Então, preconceitos e medos devem ficar de fora da sua intimidade. Aproveite a massagem yoni para se descobrir e atingir orgasmos incríveis! 

Além disso, o sexo em si também traz muitos benefícios para saúde e se você gosta de apimentar essas relações, nossa linha Fetiche Noir pode se tornar uma ótima aliada! Temos loção siliconada, gel e óleo massageadores, calda beijável, óleo refrescante e muitos outros produtos para surpreender nos momentos íntimos.
Quer mais dicas sobre sexualidade feminina? Continue de olho em nosso blog! Além disso, aqui você também encontra dicas de moda, lifestyle, beleza e lingeries!

Leave a comment

Your email address will not be published.